Arquivo da tag: Augusto de Campos

O mundo estava no rosto da amada – Rainer Maria Rilke #umpoemapordia

O mundo estava no rosto da amada – e logo converteu-se em nada, em mundo fora do alcance, mundo-além. Por que não o bebi quando o encontrei no rosto amado, um mundo à mão, ali, aroma em minha boca, eu … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , | Deixe um comentário

De V Internacional – Vladimir Maiakovski #umpoemapordia

Eu à poesia só permito uma forma: concisão, precisão das fórmulas matemáticas. Às parlengas poéticas estou acostumado, eu ainda falo versos e não fatos. Porém se eu falo “A” este “a” é uma trombeta-alarma para a Humanidade. Se eu falo … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

nalgum lugar em que eu nunca estive, alegremente além – E. E. Cummings #umpoemapordia

nalgum lugar em que eu nunca estive, alegremente além de qualquer experiência, teus olhos têm o seu silêncio: no teu gesto mais frágil há coisas que me encerram, ou que eu não ouso tocar porque estão demasiado perto teu mais … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Canção para Guitarra – Andrei Biéli

Eu Estou nas palavras Tão morbidamente Mudo: Minhas sentenças são Máscaras. E – Falo A vós todos – – Falo Fábulas, – – Porque – Assim me foi designado, A razão – Não a entendo;- – Porque – Há tempos … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Carta de Augusto de Campos que a Folha não publicou

O poeta Augusto de Campos ficou indignado com o uso do seu poema Viva Vaia pelo jornal Folha de S. Paulo em matéria publicada no dia 14 de junho de 2014 que analisou, ambiguamente, os xingamentos que a presidenta Dilma … Continuar lendo

Publicado em poesia, politica | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

CiGaNa – Vassíli Kamiênski #umpoemapordia

VONTADE-DESABoTOADA CORAÇÃO – sem COURAÇA IDEIAS – sem CHAPÉU na almA DESATADA as MaRgEnS TRANSBORDARAM LENHA 2 braçadas ESPINGARDA e MachadO e GALHAS DE RENA teNdA e FogUeirA e ARPÃO em fARPA DANÇA com castanHolas Feiticeira SOU CAÇADOR – éS … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário