Arquivo da tag: O Mundo estava no rosto da Amada

O mundo estava no rosto da amada – Rainer Maria Rilke #umpoemapordia

O mundo estava no rosto da amada – e logo converteu-se em nada, em mundo fora do alcance, mundo-além. Por que não o bebi quando o encontrei no rosto amado, um mundo à mão, ali, aroma em minha boca, eu … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , | Deixe um comentário