De V Internacional – Vladimir Maiakovski #umpoemapordia

love and revolution

Eu
à poesia
só permito uma forma:
concisão,
precisão das fórmulas
matemáticas.
Às parlengas poéticas estou acostumado,
eu ainda falo versos e não fatos.
Porém
se eu falo
“A”
este “a”
é uma trombeta-alarma para a Humanidade.
Se eu falo
“B”
é uma nova bomba na batalha do homem.

(Poema de Vladimir Maiakovski com tradução de Augusto de Campos. Foi poeta, dramaturgo e teórico, nascido em julho de 1893 na região da Geórgia do antigo Império Russo. Era conhecido como o poeta da Revolução. Se suicidou em 1930 em Moscou, deixando para a posteridade uma carta-poema agridoce.)

Anúncios
Esse post foi publicado em poesia e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s