CiGaNa – Vassíli Kamiênski #umpoemapordia

VONTADE-DESABoTOADA
CORAÇÃO – sem COURAÇA
IDEIAS – sem CHAPÉU na
almA DESATADA
as MaRgEnS TRANSBORDARAM
LENHA 2 braçadas
ESPINGARDA e MachadO e
GALHAS DE RENA
teNdA e FogUeirA e
ARPÃO em fARPA
DANÇA com castanHolas Feiticeira
SOU CAÇADOR – éS ao que CaçA
desGarrada CorçA
um beijo

DÁ-ME o xale esburacado
EIS mINHA pele de URSO
VEM tresNOITAR MEU CURSO
VADIAR COM CANÇÕES
A Vida É UM DOMINGO
TeUs OLHOS – DOIS CARVÕES
LÁBIOS – CEREJAS EsmagadAs
Os SeioS um TERREMOTO

vassili(poema de 1914, tradução de Augusto de Campos. Vassíli Kamiênsky nasceu em 1884 em Perm, na parte européia da Rússia. Publicou seus primeiros trabalhos aos 20 anos e foi preso aos 21 por participar de greves contra o governo do czar Nicolau II. Foi um grande aviador e um dos organizadores do grupo cubo-futurista em 1910. Viajou pela Rússia entre 1913 e 1914 com Maiakovski e Burliuk para leitura de poemas ao povo e fazer conferências.)

Anúncios
Esse post foi publicado em poesia e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s