Arquivo da tag: Torquato Neto

Movimento dos barcos – Jards Macalé (com Maria Bethânia de brinde)

Tô cansado E você também Vou sair sem abrir a porta E não voltar nunca mais Desculpe a paz que eu lhe roubei E o futuro esperado que eu não dei É impossível levar um barco sem temporais E suportar … Continuar lendo

Publicado em musica, poesia | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cogito – Torquato Neto

eu sou como eu sou pronome pessoal intransferível do homem que iniciei na medida do impossível eu sou como eu sou agora sem grandes segredos dantes sem novos secretos dentes nesta hora eu sou como eu sou presente desferrolhado indecente … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , | Deixe um comentário