Arquivo da tag: Cogito

Cogito – Torquato Neto

eu sou como eu sou pronome pessoal intransferível do homem que iniciei na medida do impossível eu sou como eu sou agora sem grandes segredos dantes sem novos secretos dentes nesta hora eu sou como eu sou presente desferrolhado indecente … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , | Deixe um comentário