Arquivo da tag: Miguel Torga

Sísifo – Miguel Torga #umpoemapordia

Recomeça…. Se puderes Sem angústia E sem pressa. E os passos que deres, Nesse caminho duro Do futuro Dá-os em liberdade. Enquanto não alcances Não descanses. De nenhum fruto queiras só metade. E, nunca saciado, Vai colhendo ilusões sucessivas no … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , | Deixe um comentário

Ciganos – Miguel Torga #umpoemapordia

Tudo o que voa é ave. Desta janela aberta A pena que se eleva é mais suave E a folha que plana é mais liberta. Nos seus braços azuis o céu aquece Todo o alado movimento. É no chão que … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Marcado com , , | Deixe um comentário

Poema Melancólico a não sei que Mulher – Miguel Torga #umpoemapordia

Dei-te os dias, as horas e os minutos Destes anos de vida que passaram; Nos meus versos ficaram Imagens que são máscaras anónimas Do teu rosto proibido; A fome insatisfeita que senti Era de ti, Fome do instinto que não … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Esperança – Miguel Torga #umpoemapordia

Tantas formas revestes, e nenhuma Me satisfaz! Vens às vezes no amor, e quase te acredito. Mas todo o amor é um grito Desesperado Que apenas ouve o eco… Peco Por absurdo humano: Quero não sei que cálice profano Cheio … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Santo e Senha – Miguel Torga #umpoemapordia

Deixem passar quem vai na sua estrada. Deixem passar Quem vai cheio de noite e de luar. Deixem passar e não lhe digam nada. Deixem, que vai apenas Beber água de Sonho a qualquer fonte; Ou colher açucenas A um … Continuar lendo

Imagem | Publicado em por | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário