Arquivo da tag: Haroldo de Campos

A Esperança – Vladimir Maiakovski

Injecta sangue no meu coração, enche-me até o bordo das veias! Mete-me no crânio pensamentos! Não vivi até o fim o meu bocado terrestre, sobre a terra não vivi o meu bocado de amor. Eu era gigante de porte, mas … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , , | 2 Comentários

sem título – Velimir Khliebnikov

Basta-me um mínimo: lasca de pão, gota de leite e, céu acima, nuvens alvíssimas. (tradução Haroldo de Campos)

Publicado em poesia | Marcado com , , | Deixe um comentário

A Flauta-Vértebra (prólogo) – Vladimir Maiakovski

Флейта-позвоночник (dedicado a Lila Brik) A todas vocês, que eu amei e que eu amo, ícones guardados num coração-caverna, como quem num banquete ergue a taça e celebra, repleto de versos levanto meu crânio. Penso, mais de uma vez: seria … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , | Deixe um comentário