Arquivo da tag: Ao Amor Antigo

Ao Amor Antigo – Carlos Drummond de Andrade

O amor antigo vive de si mesmo, não de cultivo alheio ou de presença. Nada exige nem pede. Nada espera, mas do destino vão nega a sentença. O amor antigo tem raízes fundas, feitas de sofrimento e de beleza. Por … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário