Arquivo da categoria: livros

Trecho de O Último Suspiro do Mouro, livro de Salman Rushdie

“Mas eu continuava querendo acreditar naquilo em que acreditam todos os apaixonados: que a coisa em si é melhor do que qualquer alternativa, mesmo quando não correspondida, derrotada, louca. Eu queria apegar-me à imagem do amor como uma fusão de … Continuar lendo

Publicado em livros | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Recordar é viver (trecho do livro O Estrangeiro, de Albert Camus)

“A não ser por estes aborrecimentos, não me sentia muito infeliz. Todo o problema, ainda uma vez, estava em matar o tempo. Acabei por não me entediar mais, a partir do instante em que aprendi a recordar. Punha-me às vezes … Continuar lendo

Publicado em filmes, livros | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Quando um dia todo homem acordar escritor

“Aquele que escreve livros é tudo (um universo único para si mesmo e para todos os outros) ou nada. E porque nunca será dado a ninguém ser tudo, nós todos que escrevemos somos nada. Somos desconhecidos, ciumentos, azedos, e desejamos … Continuar lendo

Publicado em livros | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

O dia em que pensei ter irritado as Forças Armadas com publicação de um vídeo no Blog do Planalto

O ex-ministro e jornalista Franklin Martins estava anteontem no programa Espaço Público, da TV Brasil, pra divulgar o seu novo livro, Quem Foi Que Inventou o Brasil, uma trilogia que conta a história de um século de política no Brasil – de 1902 … Continuar lendo

Publicado em livros, musica, politica | Marcado com , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Trecho de Srta. Perle, de Guy de Maupassant

“E, talvez, numa noite da vindoura primavera, emocionados por um raio de luar tombado sobre a relva através da ramagem, ao evocar todo aquele sofrimento recalcado e doloroso, suas mãos se unam e se estreitem; e, talvez, também, aquele breve … Continuar lendo

Publicado em livros | Marcado com , , | Deixe um comentário

Porta-joias – Alice Sant’Anna #umpoemapordia

nessa noite, digo, em quase todas tenho um sonho horrível como se acordasse fosse até a pia do banheiro lavasse o rosto e ao enfrentar-me ali de cabelos revoltos os dentes cairiam um por um dominós em série tentaria em … Continuar lendo

Publicado em livros, poesia | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Trecho de A Noite, conto de Guy de Maupassant

“Amo apaixonadamente a noite. Amo-a como amamos nossa pátria, ou nosso amante, com um amor instintivo, profundo, invencível. Amo-a com todos os meus sentidos, com meus olhos que a contemplam, meu olfato que a respira, meus ouvidos que escutam o … Continuar lendo

Publicado em livros | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário