Asas – Italo Calvino

Poemas são asas
A espera de pássaros

É dolorosa a jornada das aves sem asas
Que, por não conhecerem o céu,
Ainda migalham metáforas pelo chão

(trecho do conto A Aventura de um Poeta, do livro Os Amores Difíceis, de 1958)

Anúncios
Esse post foi publicado em livros, poesia e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s