O caminho (segundo Rainer Maria Rilke)

Foto: Jorge Henrique Cordeiro
(Foto: Escriba)

“Eu imploro a você, tenha paciência com tudo que não esteja resolvido em seu coração e tente amar as questões em si, como se fossem cômodos trancados ou livros escritos numa estranha língua estrangeira. Não procure por respostas, que não poderiam se dadas a você agora, porque você não poderia vivê-las. E o ponto é viver tudo. Viva as questões agora. Talvez assim, um dia distante no futuro, você vai gradualmente, sem mesmo perceber, viver seu caminho rumo à resposta.”

(Trecho de Cartas a um Jovem Poeta, de Rainer Maria Rilke, de 1903, sobre a importância de viver as questões da vida, abraçar as incertezas e permitir a intuição.)

Ou como diria Tarkovski, não existem respostas, apenas escolhas…

Anúncios
Esse post foi publicado em poesia e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s