Arquivo da tag: Os Amantes

Do Desejo – Hilda Hilst

(imagem do filme Os Amantes, de Louis Malle – 1958) E por que haverias de querer minha alma Na tua cama? Disse palavras líquidas, deleitosas, ásperas Obscenas, porque era assim que gostávamos. Mas não menti gozo prazer lascívia Nem omiti … Continuar lendo

Publicado em filmes, poesia | Marcado com , , , , | Deixe um comentário