Arquivo da tag: Castro Alves

A Cruz da Estrada – Castro Alves

Caminheiro que passas pela estrada, Seguindo pelo rumo do sertão, Quando vires a cruz abandonada, Deixa-a em paz dormir na solidão. Que vale o ramo do alecrim cheiroso Que lhe atiras nos braços ao passar? Vais espantar o bando buliçoso … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , | Deixe um comentário

Último fantasma – Castro Alves

Quem és tu, quem és tu, vulto gracioso, Que te elevas da noite na orvalhada? Tens a face nas sombras mergulhada… Sobre as névoas te libras vaporoso … Baixas do céu num vôo harmonioso!… Quem és tu, bela e branca … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , , , | Deixe um comentário