The Dull Flame of Desire – Fyodor Tyutchev


(cena final do filme Stalker, de Andrei Tarkovski, com o poema recitado em russo)

Eu amo os seus olhos, meu amor
Sua esplêndida, radiante chama
Quando por um instante você os levanta,
Ligeiramente para lançar um olhar aconchegante
Como um relâmpago cortando o céu

Mas há um encanto que é ainda maior…
Quando os olhos do meu amor estão baixos
No calor de um beijo apaixonado…

E por entre os cílios baixos
Eu vejo a entorpecida chama do desejo.

——–

Люблю глаза твои, мой друг
С игрой их пламенно-чудесной
Когда их приподымешь вдруг
И, словно молнией небесной
Окинешь бегло целый круг

Но есть сильней очарованья:
Глаза, потупленные ниц
В минуты страстного лобзанья
И сквозь опущенных ресниц
Угрюмый, тусклый огнь желанья

——–

I love your eyes, my dear
Their splendid sparkling fire
When suddenly you raise them so
To cast a swift embracing glance
Like lightning flashing in the sky

But there is a charm that is greater still
When my love’s eyes are lowered
When all is fired by passion’s kiss
And through the downcast lashes
I see the dull flame of desire

(Fyodor Tyutchev)

Anúncios
Esse post foi publicado em poesia e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para The Dull Flame of Desire – Fyodor Tyutchev

  1. Maria Cláudia Paroni disse:

    simplesmente lindo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s