Arquivo da tag: José Saramago

Poema à boca fechada – José Saramago

Não direi: Que o silêncio me sufoca e amordaça. Calado estou, calado ficarei, Pois que a língua que falo é de outra raça. Palavras consumidas se acumulam, Se represam, cisterna de águas mortas, Ácidas mágoas em limos transformadas, Vaza de … Continuar lendo

Publicado em poesia | Marcado com , | Deixe um comentário