Ali, o poeta

ali

“Float like a butterfly, sting like a bee. His hands can’t hit what his eyes can’t see. Now you see me, now you don’t. George thinks he will, but I know he won’t.”

(“Flutue como uma borboleta, ferroe como uma abelha. Suas mãos não podem acertar o que seus olhos não podem ver. Agora você me vê, agora você não me vê. George (Foreman) acha que vai, mas eu sei que não irá.”)

Anúncios
Esse post foi publicado em arte, cultura, esporte, poesia e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s