Dostoiévsky Facts

Na lápide do túmulo de Fiódor Dostoiévsky em São Petersburgo está escrito:

Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto.

E como deu frutos a obra de Dostoiévsky. Nietzsche, Sartre, Camus, Kafka, Freud, Proust, Clarice Lispector, Nelson Rodrigues, todos devem tributo ao mestre russo, nascido em 1821 em Moscou. Epiléptico como Machado de Assis, influenciou o existencialismo, o modernismo literário, a psicologia e a teologia. Foi condenado à morte por ler textos censurados em público, mas teve a pena alterada quando já estava de frente para o pelotão de fuzilamento, sendo então levado à Sibéria para 4 anos de trabalhos forçados.

A última aula do meu curso de literatura russa, terça passada, foi sobre o autor de Crime e Castigo, Os Irmãos Karamázov e O Idiota. Dos autores que estudei no curso até agora, é sem dúvida o mais controverso, polêmico e instigante. Tanto que a tuitada sobre ele após a aula foi gigantesca. Vamos a ela:

* Nasceu em Moscou em 1821 num hospital para indigentes, onde seu pai trabalhava. Hoje o hospital abriga o Museu Dostoiévski de Moscou

* Dostoiévski passou quatro anos preso em Omsk, na Sibéria, condenado a trabalhos forçados, acusado de conspirar contra o czar Nicolau I

* Dostoievski participava de reuniões do Círculo Petrashevski e numa delas leu um texto de Bielinski que acusava Gógol de ter virado czarista

* A pena inicial dada a Dostoiévski e seus companheiros era morte por fuzilamento. Chegou a ficar de frente ao pelotão mas ordem foi cancelada

* Esse foi momento chave na vida e obra de Dostoiévski. A partir daí, se afastou de ideias revolucionárias e se tornou cada vez mais moralista

* Na prisão na Sibéria só podia ler um tipo de livro: o evangelho. Suas memórias desse período estão em Memórias da Casa dos Mortos (1862)

* Dostoiévski tinha 28 anos quando foi condenado à morte – e depois aos trabalhos forçados na Sibéria

* Em carta ao irmão Mikhail, Dostoiévski diz que “renasceu” para nova vida. O ideal de Cristo se torna grande referencial moral em sua vida

* Dostoiévski já conhecia bem a Bíblia, leitura obrigatória em sua casa quando pequeno. Essa moral cristã vai permear boa parte de sua obra

* Seu pai foi assassinado quando tinha 18 anos, pelos servos de suas terras. Aos 20, começou 1o. txts, os dramas Maria Stuart e Boris Gudonov

* Sempre trabalhou muito com a paródia, a imitação, suas obras têm muitas referências, dialogando muito com outros escritores

* Assim como Nelson Rodrigues (grande leitor de Dostoiévski), txts do escritor russo trazem o mundano, a violencia, o erotismo, o folhetinesco

* Dostoiévski era epiléptico como Machado de Assis e viu um filho morrer aos três anos devido ao problema

* Tinha paixão pela literatura alemã, em especial Schiller, e seus ídolos na literatura russa são Gógol e Pushkin

* Seu primeiro romance, Gente Pobre, foi grande sucesso de público e crítica, e considerado legítimo herdeiro de O Capote de Gógol

* Em Gente Pobre, Dostoiévski dá continuidade à tradição realista da literatura russa, com foco nas “pessoas sem importância”

* Aos 25 anos, era um escritor famoso e celebrado por todos. É apresentado aos maiores escritores, críticos e intelectuais de sua época

* Mas aos poucos começa a se distanciar desse pessoal, buscando novos horizontes literários, temáticos e ideologicos

* Começa a ficar obcecado pela interpretação dos acontecimentos humanos de sua época, principalmente depois do tempo q passou preso na Sibéria

* Os trabalhos forçados deixaram marcas profundas em sua saúde e também em suas convicções políticas e literárias. Nasce um novo Dostoievski

* Era viciado em jogo de roleta, perdeu muito dinheiro com isso, quase perdeu o direito de todas as suas obras, por conta das dívidas

* Trabalhou c/ jornalista e editou 2 revistas: O Tempo e A Época. Na 1a publicou Memória da Casa dos Mortos, sobre sua passagem pela prisão

* Viajou pela primeira vez ao exterior aos 41 anos (1862), conhecendo a Alemanha, França, Suíça, Itália e Inglaterra.

* Em 1864 perde a esposa, por tuberculose, e o irmão Mikhail. Escreve Memórias do Subsolo, em que vê a razão como inimiga da humanidade

* Começa escrever Crime e Castigo dois anos depois da morte da mulher. Mais um ano e casa com estenógrafa que o ajudou a escrever O Jogador

* Seus textos são em geral parte biográficos, parte ficcionais (realistas e fantásticos).

* Conforme ganhou maturidade literária, Dostoiévski polemizava mais e mais c/ outros escritores, como Turgueniev e Tolstoi

* Em 1875 se dedica jornalismo e escreve Diário de Um Escritor, em q se defende de críticas e comenta questões culturais, políticas e sociais

* Diário de Um Escritor serviu de laboratório artístico para Dostoiévski escrever seu último grande romance, Os Irmãos Karamázov (1879)

* Personagem central do livro foi baseado em rapaz que conheceu na Sibéria, condenado há 20 anos de trabalhos forçados acusado de matar pai

* Freud considerou Os Irmãos Karamazov o melhor romance já escrito até a sua época. Na Rússia, Dostoievski é celebrado como gênio

* A obra de Dostoievski foi marcada por situações difíceis do autor – doenças, luto, perseguições políticas, prisão, vício ao jogo, dívidas

* Dostoiévski, juntamente com Dante Alighieri, Shakespeare, Cervantes e Victor Hugo, é uma das grandes influências da literatura do séc 20

* Influenciou nomes como Hermann Hesse, Proust, Faulkner, Camus, Kafka, Yukio Mishima, Roberto Arlt, Ernesto Sábato e Gabriel García Márquez

* Para Nietzsche, Dostoiévski era “o único psicólogo c/ q tenho algo a aprender” (ver mais aqui).

* Entre as influencias de Dostoiévski estão Edgar Allan Poe, Charles Dickens, Pushkin, Victor Hugo, Shakespeare e Cervantes

* Memórias do Subsolo é tido como obra fundadora do existencialismo de Sartre

* Dostoiévski morreu em 1881 antes de conseguir dar sequencia a Diário de Um Escritor e Os Irmãos Karamàzov, como pretendia

* Um filme repleto de referências à obra de Dostoiévski é The Machinist (tá lá no início do post), estrelado por Christian Bale (de Batman Begins e Psicopata Americano)

Amanhã será dia de Tolstói no curso. Se quiser acompanhar a tweet-aula, dada a partir das 22 horas, me acompanhe no twitter.

Anúncios
Esse post foi publicado em livros. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Dostoiévsky Facts

  1. Fabiana disse:

    Eu já tentei ler dezenas de vezes “Os Imãos Karamazov”, cheguei a conclusão de que é uma obra para a maturidade. Um dia terei fôlego e estofo pra ler esse livro.

  2. Marco Antonio Silva disse:

    Não existe nenhum escritor de toda a literatura mundial que conheça a alma humana como o escritor russo Dostoievski, estou me deleitando com a sua biografua escrita por Joseph Franki, não existe igual, eu me emociono com a leitura dos dois grandes livros seus, O Idiota e os Irmãos Karamazóv. Atualmente estou me aprofundando no seu Crime e Castigo, é sensacional!

  3. eduardo disse:

    li apenas crime e castigo e memorias do subterraneo,mas nunca mais serei o mesmo…e simplesmente fenomenal,valeu DOSTOIEVSKI,pena que existam poucas cabecas assim.

  4. Elza Carolina disse:

    Comecei a leitura de Irmãos Karamazóv por necessidade acadêmica. Mas, o dever se tornou um lazer apaixonadamente prazeroso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s