We Are Twisted Fucking Sister! (documentário no Netflix)

Os caras surgiramno início dos anos 70, fazendo cover de Lou Reed e David Bowie, usando roupas de mulher (algumas emprestadas por mães e namoradas) e maquiagem, tocando nos muitos bares e clubes dos subúrbios de Long Island, NY, por até quatro horas.
Depois que começaram a tocar músicas próprias, com a chegada do cantor Dee Snider, viraram uma febre – eram divertidos, carismáticos e totalmente roquenrol. Eram o Grand Funk do Glam ou o NY Dolls do Metal. Ou como um reporter da revista inglesa Sounds diz no documentario, “pareciam açougueiros em drag”. Ate gravarem o primeiro disco, em 1981-82, eram considerados a maior e melhor banda de bar dos EUA.

Duraram até 1988, voltando dez anos depois, já como ectoplasmas de si mesmos e vagam por aí até hoje.

Me diverti muito vendo esse documentário do Twister Sister no Netflix, porque lembrei dos meus tempos de ‘metaleiro’ e de quando conheci a banda, em 83, quando dei de cara com o então recém lançado disco deles, You Can’t Stop Rock’n’Roll, numa seção de ‘novo rock’ de uma loja de discos em Paris. Comprei às cegas e não me arrependi. As letras basicamente falavam de choque de gerações, adultos x adolescentes, e o som era um metal básico, com Snider fazendo um bom vocal rascante, num tom quase debochado.
Acho que até meu pai conhece o som, de tanto que escutei nas alturas trancado no meu quarto, fazendo ‘air guitar’… 🙂

Anúncios
Esse post foi publicado em musica e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para We Are Twisted Fucking Sister! (documentário no Netflix)

  1. Pingback: We Are Twisted Fucking Sister! (documentário no Netflix) — O Escriba – blog do zica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s