Os sebos, você é cliente?

Também sou alérgico, mas ao contrário da Fernanda, acho os sebos o máximo! É só tomar um claritin antes e ser feliz! 🙂

Falando em Literatura...

Confesso: tenho uma certa resistência aos sebos por uma questão higiênica, mais que qualquer outra coisa. Tenho uma certa resistência às bibliotecas públicas e ao empréstimo de livros pelo mesmo motivo. As pessoas comem e bebem lendo, lavam sempre as mãos quando pegam um livro? Lêem em lugares públicos, na rua, em ônibus, parques, trens, sentam em livros, os colocam no chão. Os livros sofrem e são vítimas dos germes e bactérias. Vítimas de espirros e fluidos humanos de todas as qualidades. Os livros usados são comida para fungos, ácaros, insetos e outros bichos estranhos. Notou a minha apurada noção dos seres invisíveis e prejudiciais à saúde? Pois é. Eu entro em um sebo e espirro e me esquivo e me agonio e saio rápido.

Com tudo isso, com esse ataque hipocondríaco evidente, reconheço o valor e necessidade dos sebos. Dormem neles verdadeiros tesouros, edições esgotadas, anotações interessantes de seus antigos…

Ver o post original 163 mais palavras

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s