Greentube

(não precisa assistir até o final – para ver outros, clique no botão que aparece no vídeo)

Esse post foi publicado em Meio Ambiente. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Greentube

  1. Rafael disse:

    “a preocupação com a natureza é fruto do romantismo (coisa em que os alemães dos séculos 18, 19 e 20 foram muito bons), raiz do nacional-socialismo (prestem atenção: “socialismo”!). O romantismo foi muito marcado pela ideia de que os humanos poluem a divindade da natureza. Adorar a natureza é coisa de neopagão bobo: câncer é tão natural quanto foquinhas. Isso não significa que matar focas a pauladas seja bonito, mas significa que esse papo de “deusa-natureza” é coisa de fanático. Para muitas viúvas do Che, “ser verde” é o “produto utopia” que resta.”, por LUIZ FELIPE PONDÉ (em: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2004200921.htm)

    não sei se acompanha essa coluna, mas esse intelectual se apresenta como emissário do mau, do vício, do homem, ele não seria um fanático, também?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s