Salvador é logo ali

Na esteira da denúncia que o Greenpeace fez semana passada, de contaminação da água de Caetité (BA) por urânio, vim pra capital baiana para uma atividade que vai expor um pouco mais os perigos do ciclo nuclear no Brasil. Um calor do cão, hospedado em frente à praia sem poder dar um tchibum, expectativa total. Ontem teve mais uma matéria da Record sobre Caetité, contando a reação das pessoas e a movimentação do Ministério Público para investigar o caso.

O mais incrível: a primeira iniciativa da estatal Indústrias Nucleares do Brasil (INB), responsável pela mina de urânio em Caetité, não foi conferir a qualidade da água ou dar explicações à população local. Preferiu fazer relações públicas, e da maneira mais tosca possível, circulando pela cidade um carro de som com um jingle que afirma que o urânio é bom, natural e não faz mal, “e ainda contribui para resolver o aquecimento global”.

Se o problema todo fosse só a rima ruim…

Anúncios
Esse post foi publicado em Meio Ambiente. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Salvador é logo ali

  1. Nossa!! Quanto cinismo!!
    Às vezes não dá nem para acreditar que existe alguém tão cara-de-pau assim!!

  2. escriba disse:

    Cinismo pouco é bobagem pra esse pessoal…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s