Fotógrafa australiana registra as lutas e esperanças de mulheres pelo mundo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Série da fotógrafa australiana Ilana Rose registra mulheres e suas lutas pelo mundo. Em entrevista à revista eletrônica Vice, Ilana conta um pouco de suas andanças por campos de refugiados, vilarejos escondidos e lugares de muita pobreza – e também de muita esperança.

Rose gosta de fotografar temas ligados à justiça social, culturas alternativas e mundos que fogem aos radares do convencional, como a luta aborígena na Austrália, gangues de trens suburbanos e grafiteiros (quando estes ainda não eram moda). Seu último projeto foca nas desigualdades de gênero pelo mundo, ao qual se dedicou por quatro anos, viajando por países da África, América do Sul e Sudeste Asiático.

O que Ilana Rose pode perceber em suas recentes viagens para registrar a situação de mulheres pobres pelo mundo é que a luta contra as desigualdades de gênero é uma luta por sobrevivência. “Não há empregos e famílias inteiras abandonam suas terras em busca de melhores oportunidades. Um grande problema de gênero é que as meninas não são enviadas às escolas. Todos dizem que a educação é a chave para sair da armadilha da pobreza, mas as meninas são frequentemente as que fazem coisas cotidianas, como pegar água em poços distantes – o que oferece grandes riscos, porque elas andam por quilômetros sozinhas.”

 

Anúncios
Esse post foi publicado em civilização, cultura, fotografia, mulheres e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s