Um poema datilografado – Campos de Carvalho #umpoemapordia

poema-de-campos-de-carvalhoCampos de Carvalho é um inusitado escritor, notabilizado por 4 romances – O púcaro búlgaro; A chuva imóvel; Vaca de nariz sutil e A lua vem da Ásia. Eis dele um inesperado poema, datilografado tal como ele o fez.

Há mais sobre ele aqui.

Uma adaptação de O púcaro búlgaro, uma de suas principais obras, pode ser vista aqui.

Fonte: Campos de Carvalho – Um poema datilografado

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Um poema datilografado – Campos de Carvalho #umpoemapordia

  1. Aysha victória disse:

    Em poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s