Jornalismo brasileiro virou RP do Estado Islâmico

O inexplicável horror
De saber que esta vida é verdadeira,
Que é uma coisa real, que é [como um] ser
Em todo o seu mistério
Realmente real.

(Fernando Pessoa)

piloto

Em setembro de 2014, reproduzi aqui um artigo do Financial Times que mostrava o enfraquecimento das empresas de comunicação e consequente crescimento das empresas de relações públicas. Esse crescimento já interfere diretamente na produção do conteúdo jornalístico – dentro e fora da grande imprensa.

De forma vil, jornais brasileiros e alguns sul-americanos (como o argentino Clarín) comprovaram essa tese da maneira mais trágica possível. Ao publicarem imagens dos piloto jordaniano sendo queimado vivo pelos radicais do Estado Islâmico – nos seus portais na internet ontem e na capa dos jornais hoje -, a grande imprensa brasileira se transformou em RP dos facínoras. Tudo que o EI queria com a filmagem da execução de Muath al-Kasaesbeh era ver as imagens circularem mundo afora, aterrorizando corações e mentes. E eles contam, sempre, com a falta de escrúpulos da grande imprensa, que faz tudo por mais audiência – ainda mais em tempos bicudos.

Divulgar as imagens da execução desrespeita a vítima e sua família, alimenta a ânsia de sangue da audiência e não acrescenta coisa alguma à notícia. Totalmente desnecessário. E torpe.

PS.: Acabei de consultar a página Newseum, que tem as capas de 915 jornais desta quarta-feira. Além dos grandes jornais brasileiros (com exceção de O Globo, diga-se de passagem), apenas o Clarín argentino e o Ethnos grego publicaram a foto de Muath queimando vivo dentro da jaula em suas capas.

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em canalhice, imprensa, internacional e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s