Ocaso de um grande jornal

Este slideshow necessita de JavaScript.

(Fonte: Esquire)

O fotógrafo Will Steacy passou cinco anos fotografando a redação e a gráfica do Philadelphia Inquirer, jornal americano fundado em 1829 – é o terceiro mais antigo dos Estados Unidos e um dos maiores do país. Com a ascensão do universo digital, o jornal vem definhando consistentemente há anos. O projeto de Steacy, Deadline, registra com muita elegância – e uma ponta de tristeza – essa decadência desde 2009.

“Sem o investimento humano para providenciar o conteúdo noticioso, temos um jogo de soma zero na estrada da informação para lugar nenhum. As fibras do papel e os cliques do mouse não têm valor a menos que as palavras que gravam tenham valor. O jornal é mais do que um negócio, é uma confiança cívica”, diz Steacy no site do projeto. Pena que a maior parte dos que tocam a mídia corporativa mundo afora não pense assim…

Vivi um pouco essa sensação esquisita e melancólica com o Jornal do Brasil, onde trabalhei de 1997 a 2001. Peguei o jornal já na descendente. A suntuosa sede da avenida Brasil, 500, no Rio de Janeiro, já estava ficando com vários espaços vazios e os melhores profissionais debandavam para outras searas porque os salários atrasavam regularmente. Em 1999 fui para a sucursal de São Paulo, que ficava num amplo espaço na cobertura do Conjunto Nacional, na avenida Paulista. O processo lento e gradual de naufrágio do jornal era visível dia após dia, com demissão de colegas e mudança da redação para espaços menores, até acabarmos, eu e mais seis profissionais, numa casa na Afonso Bovero, no Sumaré.

A agonizante trajetória do JB me mostrou de forma inequívoca que a era das grandes redações estava acabando. Esse projeto do fotógrafo do Philadelphia Inquirer mostra que essa realidade não é exclusividade brasileira.

Anúncios
Esse post foi publicado em fotografia, imprensa e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s