Swing, swing, swing!

Nova Orleans é uma das cidades que eu moraria facilmente. É a Salvador dos Estados Unidos – altamente sensual, musical e com uma comida saborosa (e apimentada, claro). Passei uma semana de lua-de-mel por lá e, depois, mais quatro dias por conta de um congresso de tecnologia da informação, convidado por uma das empresas (era repórter do JB na época). Isso em 2000. Era quase ‘local’ – não só na turística Bourbon Street como também nas adjascências, já que perambulava bastante.

Garimpando vídeos de swing ontem à noite no Youtube, me deparei com essa maravilha. Irresistível:

(o som acima foi sucesso na voz da Ella Fitzgerald, confira aqui)

Como ficar parado? Impossível. Vi várias apresentações do tipo pelas ruas da cidade, e também pelos bares. Em praticamente todo canto tinha um som rolando, e não poucas vezes era de swing como no vídeo acima.

O swing até hoje levanta a poeira de qualquer tipo de salão. Tem rolado há um tempo um certo revival do ritmo, aparecendo bandas novas que reciclaram o gênero, incluindo elementos eletrônicos e outras modernidades. Um dos meus grupos preferidos nessa linha é o The Electric Swing Circus, ingleses de Birmingham:

E no final da noite ontem descobri este outro, Parov Stelar Trio, liderado por um DJ austríaco:

Bateu o pézinho, não foi? Pode confessar… 🙂

Anúncios
Esse post foi publicado em musica e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s