A penúltima entrevista de Korda

Parece que vem aí mais um documentário sobre o fotógrafo cubano Alberto Korda, que registrou os primeiros momentos da revolução em Cuba e ficou famoso com a clássica imagem de Che Guevara que hoje estampa de camisas a canecas mundo afora.

O filme é baseado na entrevista que Roberto Chile, cinegrafista de Fidel desde 1984, fez com Korda em dezembro de 2000, em Paris. Foi a última entrevista concedida por Korda, que morreu seis meses depois (em maio de 2001, em Paris). A penúltima entrevista, acreditem!, fui eu quem fiz, em novembro de 2000, para o Jornal do Brasil. Pena que o material do jornal dessa época não esteja disponível na internet – talvez eu ainda tenha em papel em algum lugar nos meus arquivos dos tempos de jornalista de redação.

Conversei com Korda no bar Azucar, em São Paulo, onde estava sendo organizada uma exposição de suas fotos e no papo me revelou que a tal foto que eternizou a imagem de Che nem era uma de suas preferidas, não tinha nem marcado ela no contato do negativo do filme que fez, durante a cerimônia em homenagem a marinheiros cubanos mortos num atentado terrorista ocorrido em Cuba – daí a expressão grave e compenetrada de Che.

Lembro que a entrevista ganhou capa do Caderno B do Jornal do Brasil, com direito a uma foto maravilhosa do meu camarada Manoel Brito, que registrou Korda à luz de velas. Continuarei procurando esse material pela internet pra publicar aqui. Quem sabe dou sorte num dia desses?

Mas enfim. Enquanto eu procuro, dá uma sacada nas fotos de Korda:

http://www.patriagrande.net/cuba/alberto.korda/fotos.htm

http://www.blythe.org/korda/

http://www.arthistoryarchive.com/arthistory/photography/Alberto-Korda.html

Anúncios
Esse post foi publicado em fotografia. Bookmark o link permanente.

3 respostas para A penúltima entrevista de Korda

  1. Dragus disse:

    Avise no twitter quando encontrar.

    Será bom ler (ou reler, não lembro) essa entrevista.

    Espero que sem os cortes editoriais. =)

  2. manoel de brito disse:

    Deu sorte que a Betinha guardou a página.
    Entrevista completa, frente e verso.
    Sabe o que eu lembro, que fiz a foto num negativo 800, sem flash – mesmo porque não funcionava – com uma F3 enrabando uma 85mm. O Korda quando falou comigo foi pra exigir: foto ao lado da foto famosa, impossível.
    Pensei: que bobo, já tenho a foto…

  3. Hello, you used to write excellent, but the last few posts have been kinda boringK I miss your great writings. Past few posts are just a bit out of track! come on!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s