O caldo de Lily Allen

Um resumo da ópera: A cantora Lily Allen, que surgiu para o mundo graças à internet, entrou numas de criticar quem libera música online (como Pink Floyd e Radiohead), afirmando que isso prejudica as novas gerações de artistas. Chegou a criar um blog pra divulgar sua posição anti-compartilhamento e pró-indústria – mas pouco depois o tirou do ar, devido à enxurrada de críticas que recebeu, muitas das quais de (ex) fãs.

Um deles é Dan Bull, artista independente que se vira pela internet, distribuindo suas músicas e, pasmém!, vendendo CDs! Irritado com a posição traíra de Allen, Bull fez a carta-vídeoclipe acima, uma sacada genial, em que faz duras e certeiras críticas à cantora. A música, claro, está disponível para download – clique aqui.

Essa história toda me lembra o caso Metallica x Napster. O grupo sofreu um bocado depois de contribuir decisivamente para o fechamento da pioneira ferramenta P2P, caiu em desgraça com os fãs e tempos depois pediu arrego – escrevi sobre isso tempos atrás, confira aqui.

É aquela velha história: em vez de surfar a grande onda da internet, muitos tentam bater de frente. O resultado é um caldo tão desagradável como um desses aqui.

Anúncios
Esse post foi publicado em boca no trombone. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para O caldo de Lily Allen

  1. Da Mata disse:

    Caramba, o que acho interessante da internet é que ela mostra que todos são criativos, só falta o devido espaço para se expressar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s