Meditando

Nada acontece a alguém sem que ele esteja preparado pela natureza para enfrentar.

Li tempos atrás um pequeno livreto que se tornou um dos meus preferidos na cabeceira: Meditações, do imperador romano Marco Aurélio. Pra quem não ligou o nome à figura, é aquele do filme Gladiador, vivido pelo ator Richard Harris, pai de Comodo (Joachim Phoenix).

Marco Aurélio era adepto do estoicismo, escola filosófica grega criada no século 3 a.C. por Zenão de Cítio sob influência de nomes como Sócrates. É de Marco Aurélio a frase que rege este blog – O universo é fluxo, a vida é opinião.

Nos tempos que se avizinham, Meditações será leitura obrigatória pra mim.

Pra quem não conhece a obra, achei lá no eSnips e também no Scribd. Por alguma razão que desconheço – mas vou descobrir -, não consigo por os links aqui (JÁ RESOLVIDO, LEIA ABAIXO). Então, é só entrar nas respectivas páginas e procurar o livro com as seguintes palavras-chave: Meditações Marco Aurélio.

ATUALIZANDO – Agora vai! Os links para o livro já estão devidamente colocados aqui no post. E evidentemente vai pra Biblioteca do Escriba também. tBoa leitura!

Anúncios
Esse post foi publicado em filosofia. Bookmark o link permanente.

11 respostas para Meditando

  1. Julio Cezar Cruzeta disse:

    Engraçado, estava mesmo pra te perguntar sobre a frase “o universo é fluxo, a vida é opinião” …

    Vou procurar o livro “meditações” na “estante virtual”.

    De quebra, ainda esclareci algo sobre o filme “gladiador”. Poderia jurar que “comodo” era interpretado por … “Orlando Bloom”, rsssssss. Uma “pequena” confusão com “tróia e tb.cruzada”, rsssss

  2. Anônimo disse:

    Valeu, Julio.

    O livro pode ser lido no Scribd – não consigo por o link aqui, mas uma vez na página, procure por Meditações Marco Aurélio.

    abs!

  3. fausto disse:

    é porque, pra colocar os links, é preciso mais do que mera opinião; é preciso conhecimento – algo que os esquerdóides desprezam completamente.

  4. Anônimo disse:

    roberto, de Ouro Branco-MG. Sem querer, apaguei seu comentário. Ele estava duplicado e acabei por apagar os dois. Peço perdão e o convido a postar novamente.
    abs!
    jorge

  5. Dio disse:

    E eu que pensei que a frase era tua. Pensei no significado dela também acho até que entendi.A única coisa permanente é a mudança tá lá no Budismo.

  6. Anônimo disse:

    Dio, o estoicismo tem muita coisa do budismo.

    E nós somos feitos de mudança e opinião, né mesmo?

    abração!

  7. Bagarovski disse:

    Caro Jorge, o que você achou do Diogo Mainardi esculachando-o em sua última coluna? Confesso que ri um pouco. Vai ter volta? O Diogo foi meio cruel com você.

    Abraço!

  8. Anônimo disse:

    Surpreso eu ficaria se ele NAO me esculachasse! Volta? Quem sou eu pra falar alguma coisa de alguém tão famoso e importante, né mesmo? Não vou bater palma pra maluco dançar… 🙂

  9. Fábio José de Mello disse:

    Sobre o suposto “esculacho” oriundo do esgoto, pra mim foi elogio. Ser “esculachado” por aqueles dois néscios é motivo de orgulho. Se eles falassem bem do Jorge, eu nunca mais tomaria umas brejas com ele no Biu.

  10. You…are…my…hero!!! I cant believe something like this exists on the internet! Its so true, so honest, and more than that you dont sound like an idiot! Finally, someone who knows how to talk about a subject without sounding like a kid who didnt get that bike he wanted for Christmas.

  11. Themes ” Magazine ” WordPress part2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s