Mendanha ameaçado

Foi a Rita, da Socito, quem me avisou pelo orkut: o Parque Ecológico do Mendanha, na zona oeste do Rio de Janeiro, corre o risco de virar um loteamento! Obra do vereador Jorge Felippe (PMDB-RJ), que apresentou projeto de lei na Câmara dos Vereadores pouco antes das eleições municipais deste ano. O projeto foi aprovado pelos digníssimos vereadores cariocas e sancionado pelo prefeito César Maia em agosto. Que beleza de legado deixa o prefeito maluquinho no final do seu mandato, não?

O vereador diz que não é bem assim, que a lei vai apenas dar título de propriedade a trabalhadores que moram há mais de 40 anos por ali, não permitindo loteamento e conjuntos habitacionais. Mas saca só o que diz a lei (grifos meus):

Art. 1.º Fica declarada como área de especial interesse social, para fim de inclusão no projeto de regularização e titulação, nos termos da art 141, de Lei Complementar n.º 16, de 4 de julho de 1992, a área do Parque Municipal Ecológico do Mendanha.

Art. 2.º O Poder Executivo estabelecerá o tamanho padrão dos lotes de forma a assegurar às atividades existentes e fundamentais a sobrevivência dos residentes e adotará os procedimentos necessários à regularização urbanística e fundiária aprovando projeto de parcelamento de terra e estabelecendo normas que respeitem a tipicidade da ocupação e as condições de urbanização, compatibilizando com o Parque Municipal já implantado.

Art. 3.º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Alguém realmente acha que, dada a voracidade imobiliária que temos hoje, esses trabalhadores não serão pressionados a venderem seus lotes para dar lugar a condomínios? Hello??

O Parque do Mendanha era uma das mais bem preservadas Unidades de conservação do Rio e eu tive o prazer de conviver ali durante anos quando moleque, já que a família do meu pai é da região (Campo Grande) e tem dois modestos sítios por ali. O lugar é bonito pacas, com cachoeiras, trilhas, pequenos vales, até um vulcão extinto! Como Área Especial de Interesse Social, conforme a nova lei, o parque teria que dar lugar para conjuntos habitacionais, mas alguém duvida que vai virar um paraíso da especulação imobiliária, com a construção de condomínios cafonas para deleite de novos-ricos e afins, que poderão usufruir das belezas locais? De uma forma ou de outra, é um desastre!

Inacreditável o que fizeram. O jeito agora é protestar, encher o saco desses caras (eis o email do vereador autor da proeza – jorge.felippe@camara.rj.gov.br) e tentar anular essa lei absurda.

Quem sabe meu camarada Mansur, na segunda edição do seu livro O Velho Oeste Carioca, não acrescenta um capítulo sobre essa triste história? Aliás, fica a dica: lançamento do livro sobre a história da zona oeste carioca, de Deodoro a Sepetiba, contada desde o século 16. Vai ser dia 9 de dezembro, lá na livraria Arlequim, no Paço Imperial, na Praça 15, a partir das 17 horas. E depois, no dia 13, no Chopp da Villa, na Estrada do Pré, 91, Largo da Villa Santa Rita, em Campo Grande.

ATUALIZAÇÃO: Tá rolando uma petição online a ser encaminhada à Procuradoria Geral da República e ao Ministério Público do Estado do Rio. Clique aqui. Vamos assinar, pessoal!

Anúncios
Esse post foi publicado em Meio Ambiente. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Mendanha ameaçado

  1. denise rangel disse:

    Pois é, trabalhei sete anos lá perto e nunca fui visitar o local.

    Você acha mesmo que os políticos vão voltar atrás? Há interesses outros por trás disto, você bem deve saber.
    Ah, implicou com meu post, hein, hehe.
    abraço, garoto

  2. escriba disse:

    Impliquei nada! To até pensando em fazer um feng shui basico neste blog, q tá uma zona…
    E o Mendanha é show! Se nos vermos no Rio, te levo pra almoçar por lá!
    bjs!

  3. Já tinha lido sobre esse absurdo. A área do entorno já está favelizada, agora então…Parece que o vereador aceitou conversar com algumas pessoas, vamos ver se acontece algo. Teve alguns ambientalistas visitando o local na semana passada.
    Valeu pela divulgação. Pô, se você for, vai ser muito bom. Vou ver se chamo os representantes da família Cordeiro para irem no dia 13, aqui em Campo Grande.

    Ah, Jorge, falou a data do lançamento no Paço, dia nove de dezembro.
    Abração

  4. escriba disse:

    Tomara que as conversações tenham efeito!
    Vou chamar tambem os Cordeiros para o lançamento lá.
    E oops, foi mal, vou corrigir já o post!

  5. Rita Ribeiro disse:

    As mais recentes: A promotoria já interviu neste caso e aparentemente essa lei não será vigorada.
    Nem os moradores da área próxima ao parque do mendanha tb não gostaram da lei proposta pelo vereador.
    Eles não tem a posse da terra mas não queriam que loteassem pois eles prezam pela natureza.

    Tudo isto foi dito pela bióloga do parque Débora Ribeiro que trabalhou lá até 2003.
    Quando a prefeitura trocou toda equipe.
    Esperamos que tudo se resolva a favor da terra e não da especulação imobiliária.

  6. Marciel disse:

    Interessante esta questão, mas no fundo, quem se importa…

    O que importa para a maioria desta brava gente miserável é uns tutus no bolso, ainda que seja a custo da miséria alheia.

  7. escriba disse:

    Valeu pela atualização da informação, Rita!
    E Marciel. Parece que o pessoal da região também nao gostou da nova lei. Ainda bem!

  8. ANA CAROLINA disse:

    parece que o pessoal esta desmatando árvores

    na amazonia

  9. escriba disse:

    Ana Carolina, vc tem razão: estão desmatando na Amazônia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s