Até que enfim é sexta-feira!


Guardem bem esta data: sexta-feira, 27 de junho de 2008. É um dia histórico. Por dois motivos: Roberto Dinamite deve ganhar a eleição para presidente do Vasco, exorcizando de vez o fantasma Eurico Miranda, e Bill Gates se aposentou, deixando a monopolista Microsoft livre para morrer e quem sabe renascer como colaborativa e aberta. Minha bola de cristal é fraquinha, não sei o que o destino reserva para ambos, mas de uma coisa tenho certeza: nem o clube nem a Microsoft serão os mesmos de hoje em diante.

Com Dinamite, o Vasco pode enfim resgatar a confiança, respeito e credibilidade há tempos sumidos de São Januário. Eurico Miranda ganhou alguns títulos importantes no clube, como a Libertadores de 98 e o Brasileiro de 2000, mas o custo foi muito alto. O Vasco, que era um time popular e de vanguarda, célebre por ser um dos poucos no Brasil (quiçá o único) a nunca ter tido problemas de racismo no clube, se transformou numa carrancuda instituição, sinônimo de maracutaias de bastidor para vencer a qualquer preço.

Sem Gates, a Microsoft que aprendemos a odiar cada vez que irritante Windows dá pau está com os dias contados. Tá certo que o Steve Ballmer, o louco, continua por lá, mas a tendência é a empresa sucumbir em seus próprios excessos, rumando devagar e sempre à nova era da sociedade da informação, com seus softwares livres, códigos-abertos e compartilhamento da informação, coisa que já vem se desenhando há algum tempo – ver exemplos aqui e aqui. Não chega a ser absurda a idéia, levando-se em conta o que diz a voz do povo: Pesquisa indica que 54% comprariam produtos de Código Aberto da Microsoft.

A PCWorld fez uma homenagem a Gates, compilando vídeos no Youtube com alguns dos momentos mais marcantes de sua história. Hã… eu disse homenagem? Bem, depende do ponto de vista…

Mas o tiozinho tá com o boi na sombra e vai dar uma de filantropo agora. Se bem que, nem assim escapa das críticas.

(mesmo toque de sempre, desligue a rádio antes de começar aqui)

Anúncios
Esse post foi publicado em esporte. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Até que enfim é sexta-feira!

  1. Andre Arruda disse:

    Interessante. A Apple é tão escrota quanto a MS e ninguém fala de Steve Jobs. Mac é um sistema fechado, inacessível a QUALQUER soft aberto, cheio de restrições. Nem é possível uma prosaica troca memória sem pagar um CARO tributo ao “grande” Jobs, que só vê o lado dele, como qualquer empresário.

    Eu queria entender…

  2. escriba disse:

    é tudo farinha do mesmo saco… a Apple é para quem gosta de hype, é um pequeno nicho e Jobs tão cedo nao vai aposentar, é muito egocentrico para tanto… E o pessoal fala de Jobs tambem, e muito. Concordo plenamente com vc, a Apple é tão ou mais escrota…

  3. Andre Arruda disse:

    E Gates, ao que parece, tem boas intenções, daquelas que o inferno é cheio. De qualquer maneira, torço polianamente para que vá em frente com sua filantropia. Se 100 pessoas saírem da fome e conseguirem uma vida boa, digna, a vida do cara já valeu.
    Eu não uso Mac. A única coisa que tenho inveja é que Mac possibilita até 16Gb de RAM e PC apenas 4. para quem trabalha com imagem é uma diferença.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s